Gestão de Pessoas

Saiba o que é eNPS e como aplicar na empresa

Time Goowit
Escrito por Time Goowit em 17 de setembro de 2020
Saiba o que é eNPS e como aplicar na empresa
Não perca mais nenhuma novidade!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos para desenvolver suas habilidades

Sabe-se que a lealdade dos funcionários é algo essencial aos negócios, afinal, promove mais assiduidade, produtividade e alinhamento diário. A questão é: como monitorar o nível de lealdade dos seus profissionais e das equipes? O eNPS pode ser de grande ajuda.

Sumariamente, eNPS é um acrônimo de Employee Net Promoter Score e significa algo como “pontuação líquida de empregados promotores”. O seu objetivo é identificar o percentual de talentos que atuam como promotores da empresa, falando bem dela para os seus amigos e familiares. Ademais, permite a atribuição de uma pontuação de eNPS ao empreendimento.

Nos tópicos seguintes, explicaremos melhor o que é eNPS, como aplicá-lo e de que forma melhorar os seus resultados. Por esse motivo, continue lendo atentamente o nosso artigo. Vamos lá!

O que é e quais as vantagens do eNPS?

O eNPS é uma variação do NPS (Net Promoter Score), métrica criada para mensurar o nível de lealdade dos clientes de uma empresa. Como explicado, o seu objetivo é avaliar se os talentos atuam como promotores da marca (falando bem do negócio) ou se atuam como detratores. Portanto, você pode tomar o seguinte conceito de eNPS: é uma ferramenta utilizada para avaliar o grau de lealdade dos profissionais e das equipes de trabalho.

Diferentemente de pesquisas tradicionais de satisfação e/ou lealdade, o eNPS baseia-se em uma única pergunta — chamada “a pergunta definitiva”. Isso facilita bastante a sua análise e também acaba demandando menos recursos (como energia e tempo) da empresa.

Existem muitos outros benefícios ligados ao eNPS. Alguns deles são:

  • alta popularidade no mundo dos negócios;
  • aplicação em todo o mundo, sobretudo nas empresas maiores;
  • subsídio a pesquisas rápidas e objetivas;
  • liberação de espaço para feedbacks qualitativos mais aprofundados;
  • possibilidade de subsidiar uma métrica final de lealdade;
  • possibilidade de uso por meio de diversos canais (SMS, e-mail, chat etc.).

O mais importante é destacar que, na medida em que uma empresa utiliza o eNPS, pode diagnosticar o grau de lealdade dos seus funcionários, verificar se está atendendo ao que é desejado pela companhia, atribuir novas metas e adotar estratégias para o aumento do eNPS.

Como aplicar o eNPS dentro do seu empreendimento?

É razoavelmente fácil aplicar o eNPS. Vamos dividir a sua aplicação em três partes, que são: aplicação da pergunta definitiva; análise do percentual final de funcionários promotores e detratores da marca; e diagnóstico da pontuação total de eNPS. Continue com a sua leitura!

Comece aplicando a pergunta definitiva

O eNPS parte de uma única questão. O ideal é que ela seja feita a todos os funcionários da sua empresa. Se forem muitos e não houver tempo, selecione uma amostra significativa e representativa dos seus profissionais — e aí, vale estudar um pouco de seleção amostral.

A questão definitiva é a seguinte:

  • em uma escala de 0 a 10, sendo 0 o menor e pior valor, o quanto recomendaria nossa empresa como um bom lugar para trabalhar aos seus amigos e familiares?

Simples, não é mesmo?! Veja, agora, alguns adendos importantes.

Primeiramente, não aplique essa pesquisa pessoalmente e nem peça que o candidato se identifique. Isso pode criar uma pressão para que ele atribua notas muito elevadas, afinal de contas, ninguém quer ficar malvisto na empresa. Portanto, preze pelo anonimato.

Além disso, adote canais que tornem o processo mais fluido e fácil de mensurar. Utilizar um questionário em papel, por exemplo, dá muito trabalho no momento da análise. Prefira formulários eletrônicos, que podem ser enviados por e-mail, chat, SMS etc.

Por fim, se possível, peça para que o funcionário justifique a sua resposta. Não torne isso um item obrigatório, mas o ideal é deixar espaço para que o talento justifique a sua nota (seja ela baixa, seja ela elevada), se quiser. Assim, também será possível ter acesso a feedbacks qualitativos.

Mensure a pontuação de promotores, neutros e detratores

Aplicada a questão e obtidos os feedbacks, é hora de analisar a lealdade dos seus talentos. O mais natural é que você tenha respostas com variadas pontuações, de 0 até 10 pontos. Isso quer dizer que você tem diferentes tipos de talentos no quadro de trabalho. São eles:

  1. promotores (notas 9 e 10): são os mais leais à empresa e que certamente indicariam a organização como um bom lugar para trabalhar;
  2. neutros (notas 7 e 8): são um meio-termo, são indiferentes à empresa;
  3. detratores (notas entre 0 e 6): não são leais à empresa e também não recomendariam o negócio como um bom local para trabalhar.

Avalie, então, o número total de funcionários que participaram da pesquisa e a frequência (em percentual) de promotores, neutros e detratores da marca.

Identifique a pontuação final de eNPS

A terceira e última etapa é a mais simples. Você só precisa relacionar o percentual de funcionários detratores com o total de promotores. O seu resultado será uma pontuação que vai de -100 até 100 pontos. Quanto maior a nota, melhor. Veja como calcular:

  • eNPS (em pontos) = % funcionários detratores – % funcionários promotores

O ideal é que a sua organização tenha mais que 50 pontos de eNPS. Isso quer dizer que boa parte dos seus funcionários é leal ao negócio e veste a camisa da empresa. Caso a pontuação seja de 0 ou menos, é sinal de que a lealdade está baixa e a companhia pode sofrer com isso.

Como aumentar a pontuação de eNPS dentro da empresa?

Não há mágica. O eNPS é reflexo da lealdade dos funcionários. Portanto, se o objetivo é aumentar o indicador, é preciso garantir que os funcionários sejam mais leais à empresa e queiram fazer parte do quadro de trabalho. Separamos algumas dicas a seguir:

  1. crie um bom plano de carreira;
  2. estimule um modelo de liderança pelo exemplo;
  3. recompense as boas práticas diárias;
  4. contrate mais talentos alinhados à empresa (fit cultural);
  5. treine mais frequentemente os seus funcionários;
  6. peça feedbacks de melhoria aos próprios talentos;
  7. faça entrevistas demissionais e investigue o que está dando errado.

Agora, você está por dentro do assunto, sabe o que é eNPS, como utilizá-lo na prática e de que forma garantir melhores resultados. Aplique o eNPS com frequência dentro da empresa, tendo por objetivo obter feedbacks e corrigir o que não está dando certo. Assim, você conseguirá construir um empreendimento capaz de reter talentos e engajar equipes de alta performance.

Gostou do nosso artigo, certo? Aproveite, então, para fazer o cadastro gratuito e descobrir como podemos ajudar a melhorar a sua gestão de pessoas. Vamos lá!

o que você achou deste conteúdo?

Conte nos comentários.