Recursos Humanos

Por que a gestão de mudanças é importante e qual o papel do RH?

Time Goowit
Escrito por Time Goowit em 23 de outubro de 2020
Por que a gestão de mudanças é importante e qual o papel do RH?
Não perca mais nenhuma novidade!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos para desenvolver suas habilidades

Com o avanço da tecnologia e a possibilidade de otimizar processos, as empresas passam constantemente por transformações que visam a aumentar a competitividade do negócio. A gestão de mudanças é fundamental nesse cenário, facilitando o processo de adaptação.

Nem sempre uma transformação é recebida com alegria pelos profissionais de uma organização, pois ela envolve adaptações e novas funções. Desse modo, a empresa precisa gerenciar o processo com sabedoria, passando as informações necessárias e evitando o descontentamento.

Neste artigo, vamos entender o que é gestão de mudanças e qual a importância que ela tem para a companhia. Além disso, mostraremos o papel do RH nesse contexto. Continue a leitura!

O que é gestão de mudanças?

A gestão de mudanças é um conjunto de práticas, processos e ferramentas que visa a ajudar uma empresa e os seus colaboradores a passarem por transformações. Essas transformações acontecem em diferentes aspectos, seja em processos, seja em tecnologias, seja em projetos, seja em comportamento, entre outras.

Essa etapa trabalha com todos os níveis da companhia para facilitar a adaptação à mudança. O processo começa com o colaborador, mas afeta a organização como um todo, passando por equipes, gerência e diretoria executiva.

Ao usarem os recursos de modo inteligente e aumentarem a compreensão do impacto da mudança, as organizações podem se estabelecer no caminho dos seus objetivos. Embora as transformações ofereçam desafios, o gerenciamento delas é algo que certamente aumentará as chances de o processo funcionar.

Qual a importância da gestão de mudanças?

Uma gestão de mudanças eficiente é muito importante para as empresas, trazendo diversos benefícios para as transformações. Confira os principais!

Auxilia na comunicação

Um processo de mudança precisa ser comunicado de forma eficiente a todos os envolvidos. Muitas vezes, os líderes acham que os colaboradores entenderam o que está acontecendo, porém, nem todas as ideias são captadas de imediato. A gestão se preocupa em passar as mensagens principais e aparar as falhas de comunicação entre os profissionais.

É preciso cuidar para que a comunicação não esqueça nenhuma equipe ou profissional envolvidos no processo. Isso pode abranger um grande esquema para que todos recebam as informações necessárias, mas essa preocupação evita problemas que prejudicam a implementação de uma novidade.

Contribui para a otimização dos processos

Os processos corporativos são fundamentais para a produtividade da organização, entretanto, é normal que eles fiquem ultrapassados com o passar do tempo. Sendo assim, é essencial buscar recursos e ferramentas que otimizarão cada atividade, visando ao aumento da produtividade da organização.

A gestão de mudança também é responsável por garantir a otimização dos processos em cada etapa em que for necessária. Por isso, ela precisa estar atenta às novas necessidades, como treinamento de colaboradores, ferramentas exigidas ou adaptações culturais que podem facilitar a transformação.

Estimula a inovação

As empresas que são eficientes em seus processos de mudança proporcionam uma orientação empreendedora mais consolidada. Desse modo, os colaboradores e líderes estão sempre pesquisando coisas novas, o que estimula a inovação e o crescimento empresarial.

Essa cultura impede que a organização permaneça estagnada, com medo de substituir processos que entregam os mesmos resultados há anos. A coragem de inovar é importante pelas oportunidades de crescimento que oferece, colocando a companhia em um local de destaque no mercado.

Facilita o gerenciamento de riscos

O processo de mudança envolve aspectos que fogem do planejado, sendo importante fazer o gerenciamento de risco. As pessoas reagem de formas diferentes, o mercado muda constantemente e alguns fatores podem tornar a transformação mais complicada.

Desse modo, gerir a mudança envolve a reavaliação contínua do seu impacto, do que ela traz para cada profissional e da capacidade para lidar com as consequências de cada etapa. Lembre-se de que toda transformação envolve questões pessoais, visto que as funções de algumas equipes e colaboradores serão modificadas e novas habilidades devem ser desenvolvidas. Isso pode trazer um clima de insegurança e de resistência.

Lidar com essas questões de maneira reativa pode ser perigoso, deixando que o nível de insatisfação cresça em excesso. Desse modo, é fundamental realizar uma abordagem formal, iniciando com os líderes e transmitindo todas as informações necessárias para os envolvidos.

Aumenta a lucratividade

O lucro de uma empresa envolve um conjunto de processos e atividades que, somados, oferecem os recursos para a organização. Sendo assim, é fundamental estar aberto para organizar estrategicamente tudo que envolve a companhia, o que, muitas vezes, requer transformações. 

As mudanças podem ajudar a avaliar e a reorganizar os recursos da empresa, encontrando maneiras de melhorar a produtividade e de reduzir os custos. Desse modo, é possível eliminar gastos desnecessários e fazer melhores investimentos, aumentando os lucros da organização.

Qual é o papel do RH nessa gestão?

O RH tem um papel fundamental na gestão de mudanças. Esse departamento é responsável por construir a estratégia cultural da organização, tendo como tarefa oferecer o suporte para as demandas relacionadas a pessoas, já que ele detém o conhecimento sobre as relações profissionais.

O RH é um grande ativo nas mudanças organizacionais e consegue, por meio de sua influência, apoiar, reforçar ou prejudicar o processo de transformação. Sendo assim, é importante que esse departamento esteja engajado e tenha todas as informações necessárias para contribuir para o processo.

Desse modo, ele atua como um facilitador do lado comportamental, ajudando a empresa a alcançar os resultados esperados. Ele é capaz de causar um impacto significativo nas ações de gestão de mudanças, tornando o processo mais ágil e eficiente.

O não entendimento desse cenário pode causar para a organização um alto impacto no custo, no tempo de resposta e nos recursos necessários para que a transformação aconteça. Portanto, é crucial alinhar as estratégias com o RH e os profissionais que estarão envolvidos nas novas etapas que serão implementadas.

Neste artigo, apresentamos a importância da gestão de mudanças e como o RH pode contribuir para que esse processo seja eficiente. As empresas precisam estar em constante atualização para não perder competitividade no mercado e para otimizar os seus processos. Com o gerenciamento correto, as transformações serão mais simples, facilitando o alcance dos resultados esperados.

Gostou de aprender um pouco mais sobre esse assunto? Então, aproveite para ler outro artigo nosso que trata dos impactos negativos da alta rotatividade nas empresas!

o que você achou deste conteúdo?

Conte nos comentários.